Categories Menu

Postado out 10, 2017 em Agenda Cultural, Dicas, Economia / MKT, Teatro, Visão Feminina

NATHALIA DILL E VILMA MELO SÂO FULANINHA E DONA COISA

NATHALIA DILL E VILMA MELO SÂO FULANINHA E DONA COISA

 

Nathalia Dill, Vilma Melo e Rafael Canedo estão na nova montagem da peça “Fulaninha e Dona Coisa”.

Numa encenação da divertida peça dirigida por Daniel Herz e idealizada por Eduardo Barata,

Fulaninha e dona coisa traz um elenco é de peso, Nathalia Dill vem de vários sucessos de novelas na Globo, Vilma Melo, por sua vez, recebeu o Prêmio Shell de Teatro por seu desempenho em “Chica da Silva – O Musical” e Rafael Canedo que interpretou o Ruço jovem Rafael caracterizado em ‘Pé na cova.

NATHALIA DILL E VILMA MELO SÂO FULANINHA E DONA COISA

 

Os atores Nathalia Dill e Vilma Mello vivem, respectivamente Fulaninha e Dona Coisa, e Rafael Canedo como o técnico da Telesp.

O espetáculo que estreou dia 07/10, no Teatro Renaissance. Emocionou e fez rir toda plateia dentro da divertida comedia “Fulaninha e Dona Coisa”, primeiro texto de Noemi Marinho, que deu a honra de estar presente na estreia em São Paulo.

Fulaninha e Dona Coisa, retrata a relação de poder entre patroa e empregada doméstica, além do confronto de desejos entre duas mulheres com suas realidades diversas. O elenco e direção de Daniel Herz, supera as expectativas fazendo você sair do teatro leve com a certeza que se divertiu muito.

NATHALIA DILL E VILMA MELO SÂO FULANINHA E DONA COISA

A peça utiliza do humor falando da carência, da solidão e das diferenças de origens na relação entre duas pessoas ao mesmo tempo.

De um lado está Dona Coisa, uma mulher moderna, independente, que prefere manter certa distância em suas relações. Do outro está Fulaninha, uma jovem com a cabeça cheia de sonhos que chega do interior para trabalhar como empregada doméstica.

O espetáculo mantém alguns elementos de referência aos anos 90, como: telefone com fio, bip de mensagens, secretária eletrônica, entre outros. Contudo, as emoções, situações e relações são completamente atuais”, detalha o produtor e idealizador Eduardo Barata que foi assistente de direção do Nanini na primeira montagem no Rio, com Louise Cardoso.

A surpresa é questão da temática racial, pensada e idealizada pela equipe de produção e criação, desde a programação visual, utiliza uma imagem em preto e branco das atrizes, até a iluminação, que acentua o momento de inversão por uma mudança de direção de focos.

FULANINHA E DONA COISA

Teatro Renaissance (448 lugares)

Al. Santos, nº 2233

Informações: (11) 3069-2233

Bilheteria de terça a domingo, das 14h às 20h. Pagamento em dinheiro e cartões

Vendas: (11) 4003.1212 e ingressorapido.com.br

Sábado às 19h | Domingo às 20h

Ingressos:R$ 100

Duração: 70 minutos

Classificação indicativa: 12 anos

Curta Temporada: até 29 de Outubro

NATHALIA DILL E VILMA MELO SÂO FULANINHA E DONA COISA

Nathalia Dill, Daniel Herz,Vilma Melo, Rafael Canedo e Eduardo Barata

 

Ficha Técnica:

Texto: Noemi Marinho

Direção: Daniel Herz

Idealização: Eduardo Barata

Com: Nathalia Dill, Vilma Melo e Rafael Canedo

Cenário: Fernando Mello da Costa

Figurinos: Clívia Cohen

Iluminação: Renato Machado

Trilha sonora original: Leandro Castilho

Mídia Digital: Gigi Prade

Assessoria de imprensa: Morente Forte

Produção executiva e diretor de palco: Tom Pires

Direção de Produção: Elaine Moreira

Realização: Barata Comunicação